Brand Abuse, Digital Fraud, Data Leakage, Sales Abuse, Threat Intelligence

Relatório Axur: phishing cresce 64,5% no segundo trimestre

Por André Luiz R. Silva em
COMPARTILHAR

Web superficial, deep web, dark web: está aqui o relatório com dados sobre os locais e tipos do crime on-line no Brasil, coletados pela Axur no segundo trimestre de 2019. O documento é dividido em quatro seções (Phishing e malware; Usos de marca; Deep e dark web; e Detecção e procedimentos), e um dos destaques está logo na primeira delas: o número de fraudes de phishing cresceu notáveis 64,5% em comparação com o último trimestre.

 

Atividade criminosa on-line no Brasil - 2º trimestre/2019: os principais dados

Phishing e malware

A primeira seção contém importantes números: o total de casos de phishing foi de 5.297. Para além do aumento de 64,5% entre os dois trimestres, esse número foi especialmente grande em razão do aumento de casos afetando os setores de e-commerce e também bancos e financeiras

Usos de marca

Em web superficial, os usos de marca coletados pela Axur também mostram variações relevantes, como numerosos casos do tipo “Uso indevido em busca paga”, que são os resultados patrocinados em buscadores como o Google e que podem levar os usuários a golpes como estelionatos e phishing.

Ainda que esses novos casos tenham sido consideráveis no período, foi também notável como casos de vazamento de dados em web superficial cresceram consideravelmente.

Deep e dark web

Nos canais monitorados pela Axur em deep e dark web foi visível o crescimento do tipo vazamento de dados – em consonância com o registrado em web superficial. Por serem dados confidenciais e sensíveis às estratégias de segurança de nossos clientes e parceiros, os números dessa seção são restritos a pessoal autorizado.

Detecção e procedimentos

Aqui, apontamos mais detalhes sobre nosso monitoramento, que funciona a partir de coletores próprios e técnicas de machine learning.

 

Acesse o conteúdo


BAIXAR RELATÓRIO


O relatório Atividade criminosa on-line no Brasil surgiu da necessidade de expormos em mais detalhes os dados que visualizamos a partir da coleta diária de milhões de URLs. Com esse panorama, a Axur pretende colaborar com o atual panorama de segurança digital no país. Para conhecer mais sobre nossas formas de atuação, visite nosso site.

event-image

ESPECIALISTA CONVIDADO

Eduardo Schultze, Coordenador do CSIRT da Axur, formado em Segurança da Informação pela UNISINOS – Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Trabalha desde 2010 com fraudes envolvendo o mercado brasileiro, principalmente Phishing e Malware

AUTOR

André Luiz R. Silva

Jornalista formado pela UFRGS e Content Creator da Axur, responsável pelo Deep Space e atividades de imprensa. Por aqui, também já analisei dados e fraudes na equipe de Brand Protection. Mas, para resumir: meu brilho nos olhos é trabalhar com tecnologia, informação e conhecimento juntos!